Coluna Plural | Como seria se a vida fosse comandada pela literatura?

Por Caetano Lagrasta


Seria uma prisão, encadernada ou em brochura. Daquela sairiam ideias limpinhas, educadas, vendidas a preço ao alcance da burguesia — que, por sua vez, se colocara em compêndios enciclopédicos, sob a proteção de ricas lombadas de couro de porco, grafadas em ouro.

Para as brochuras estaria reservada a vida dos desvalidos, nada obstante agraciados com os mesmos autores e ideias dispensadas às edições luxuosas cuja compreensão lhes seria árdua.

Sobraria, por fim, a literatura involucrada em livros artesanais. Estes em edições bem menores, seriam disputadas por qualquer ser humano, em busca de caminhos mais discretos, mas nem por isso menos importantes para seu estudo ou deleite.

A vida prosseguiria e, ao cabo, teríamos os livros virtuais, como consequência do desenvolvimento científico das máquinas e dos vídeos, que anteriormente já estariam invadidos por imagens resumidas de séries especiais, sempre dispostas a resumir obras essenciais ao pensamento, em cinco ou mais capítulos.

Nada disso, por óbvio, poderá dispensar a existência de enormes arquivos — sem comparação com qualquer biblioteca existente no planeta — onde estariam guardados os volumes das obras antigas, e que os mais afoitos tudo fariam para que elas desaparecessem, por entendê-las inúteis ou desprezíveis ao desenvolvimento humano. Pessoas que acreditaram que o incêndio da Biblioteca de Alexandria (ou, os mais radicais, a queima de livros por ditaduras em plena praça pública) foi um benefício para a Humanidade.

Não é possível pensar num mundo às ordens da literatura sem recorrermos às lições de Umberto Eco: “Na Poética, Aristóteles cita umas vinte tragédias que não conhecemos mais”, revelando suas dúvidas: “por que apenas as obras de Sófocles e Eurípedes subsistiram? Eram as melhores, as mais dignas de passar à realidade? ”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: