Por Lunna Guedes


 

Toda idéia precisa de um estopim… o tão aclamado nada-vazio é um espaço onde tudo se organiza… inclusive as idéias, mas é preciso alimentá-lo para que se estabeleça o caos que, uma vez organizado, determina o ritmo.

No meu caso, foi lendo “A felicidade dos tristes”, de Luc Dietrich, que me deparei com o tão desejado caos para, enfim, estabelecer o ritmo entre o antes e o depois das minhas emoções para então alcançar a compreensão da citada irreverência… na história do riso.

Na vã condição de não equilibrista, me senti na corda bamba diante da proposta que chegou pronta em minhas mãos… “como fabricar o riso”. (?) Não consegui alcançar a palavra que me leva diretamente a um período da história… anterior a esse. O elemento de organização social. A Paris do início do século passado, sua desconstrução. O distanciamento social. O filme de Chaplin, em que cada peça faz parte de um engenho arquitetado para limitar-intimidar, gerar um novo molde… absurdamente sufocante.

O interessante na Arte é que ela te obriga a rever os estereótipos. É preciso esvaziar-se. Voltar à condição de ninho-nicho-feto. É preciso retroceder e descobrir todos os movimentos de vida-morte. Reaprender.

Com músculos e nervos regidos por uma conhecida inquietação, fui até a prateleira e, amparada pelo tato, encontrei a resposta de que precisava: “porque as melhores pessoas são tristes. A minha mãe é pálida, muito pálida, mesmo quando se ri treme-lhe uma tristeza no riso como gotas de água num ramo ao sol”.

O riso é uma arma engatilhada, pronta para o disparo, mas é preciso mira e conhecimento do instrumento que se tem em mãos. O riso é ciência-consciência, um mecanismo natural, que não se pode ensinar, mas é possível provocar, contanto que se conheça os artifícios.

O zine “Comédia”  escrito por Rachel Villela Alves e vivenciado por Anselmo Vasconcellos — te oferece exatamente isso… conhecer os artifícios existentes e reconhecê-los através dos tempos e culturas.


30411590_1001188113392688_6460927377911316480_o


Clique aqui para adquirir o vosso exemplar

 


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s