Coluna Plural | A VIDA É BELA

Por Adriana Aneli

 


 

Não mente sempre a arte? E não é quando mente
mais que ela se revela mais criativa?

Konstantinos Kaváfis,
Reflexões sobre poesia e ética.


 

 

Não sei dizer dos animais, senão do homem que os copia. A mentira é a linguagem do mimetismo, a evolução possível: o processo pelo qual nos adaptamos a cada nova situação, conforto na guerra. Continue lendo “Coluna Plural | A VIDA É BELA”

Anúncios

COLUNA PLURAL | A barra de ser leitor…

Por Virginia Finzetto


 

QUANDO LHE ENSINARAM as primeiras letras, nada era diferente dos rabiscos que vinha praticando desde os seus primeiros anos de vida. Ao lado das figurinhas coloridas, as garatujas também faziam parte de uma mesma coleção, na qual todos os elementos carregavam um único e preciso significado. Em sua maioria, esses esboços davam nome às coisas, àquelas que povoavam seu mundo, ainda, de restrito saber de um iniciante. Coisas e nomes estavam tão unidos entre si, que era difícil identificar onde começava um e onde terminava outro.

Continue lendo “COLUNA PLURAL | A barra de ser leitor…”

Coluna Plural | Livros que não foram terminados

Por Chris Herrmann


Acordei pensando naqueles livros que teriam sido se eu tivesse escrito, começado ou terminado. A mesa cheia de papéis denuncia minha preguiça, falta de criatividade ou ansiedade? A dinâmica da literatura parece me sucumbir. O que você, leitor interessado nas minhas linhas, me diria num momento desses? Tenho medo. Tenho medo de pensar sobre isso, e mais medo ainda de não pensar.

Continue lendo “Coluna Plural | Livros que não foram terminados”

Coluna Plural | Palavra-borboleta

Por Tatiana Kielberman


A primeira vez em que a palavra veio me visitar, pousou-me feito borboleta que escolhe a dedo o seu jardim. Encantou por suas imensas possibilidades e, sobretudo, pela imaginação despertada na criança que eu era…

Tinha apenas cinco anos de idade, mas lembro como se fosse hoje: num piscar de olhos, escrevi um bilhete em poucas linhas, finalizado pelo que poderia ser chamado de meu nome — ou “uma tentativa de” — e o entreguei a uma amiga de minha mãe, que sempre me foi muito estimada.

Continue lendo “Coluna Plural | Palavra-borboleta”

Coluna Plural | A palavra que me seduziu

Por Obdulio Nuñes Ortega

 


Eu sempre gostei de desenhar… aos quatro ou cinco anos, reproduzia traços indecisos copiados de gibis e ilustrações de revistas… aos seis, na pré-escola, ao ser apresentado ao manuseio das primeiras letras, acompanhadas de seus corpos sonoros, fiquei fascinado pelas possibilidades que se apresentaram encantadoramente em desenhar cenas através da condução das palavras. Não foi algo tão radical como talvez possa deixar transparecer. Aconteceu mais como se fosse a chegada de um vento suave a me envolver, a carregar ar novo no ambiente fechado do porão onde a minha família morava na Penha, à época…

Continue lendo “Coluna Plural | A palavra que me seduziu”

Blog no WordPress.com.

Acima ↑