Sadness | Maria Florêncio

$ 35

 

 


Sadness é um livro de poesias que são argumentos do dia-vida-noite-morte… e o tempo anda para frente e para trás… às vezes, avança para dentro-fora e se perde em contraditórios movimentos inesperados, como num soluçar ininterrupto ou aquela pontada mais aguda que não é fim, nem começo… é apenas uma pausa nas coisas, como aquele ponto no final de um verso.

Anúncios

Muiraquitã | Emerson Braga

 

R$ 35

 

 


…é um livro de contos escrito como se o autor se apoderasse de bilros, movimentando-os de maneira a compor essa deliciosa trama, onde os personagens — todos femininos — são uma espécie de fino fio trabalhado à mão, entrelaçados de maneira a formar desenhos.

 

Puizya pop e outros | Andri Carvão

 

 

R$ 35

 

 


O poeta e contista Andri Carvão vem, nos seus últimos trabalhos, afirmando cada vez mais que o real do dia a dia, com suas injustiças travestidas de civilidade, também pode ser terreno fértil para a feitura de uma poesia cujos focos são a urgência das ruas e outros temas mais espinhosos.

Simples assim: a Puizya Pop de Andri Carvão não toca no rádio e nem frequenta a lista dos mais vendidos. Aponta, antes, para a insustentável imobilidade do ser da qual padecemos todos nós nesses tempos de redes sociais, território de muita treta e pouca ação. [Claudio Pereira]

 

Vermelho por dentro | Lunna Guedes

 

R$ 45

 

 


…traz duas personagens femininas ‘mãe e filha’ e seus dilemas de vida. Duas figuras firmes-fortes-e-sonoras, conscientes de que tudo poderia ser diferente em suas vidas, mas uma vez feitas as escolhas, não é possível olhar para trás e pensar um futuro novo — diferente. É preciso conviver com o resultado das escolhas feitas. O passado de uma determina o futuro da outra, resultando em mágoas-distancias-e-ausência. Mas nem mesmo a mágoa que pauta os gestos das personagens impede que elas se amem, se respeitem e torçam uma pela outra, em seus caminhos inexatos’.

 

Ylie-Samê — estiletes para cortar brumas  | Claudinei Vieira

 

R$ 30

 

 


…se emaranha nas palavras, se enrosca nas palavras, se perde. E gosta de , de vez em quando, se perder. Faz sentido ao termo ‘poeta’ se deslumbrar com as perdas, com as ausências, com os

ecos vazios. Mas, admite que pode ser um pouco frustrante, também, a busca, a ânsia. Dolorida, igualmente. Imagina que a beleza pode ser dolorida e que, ao final e ao cabo, feliz ou infelizmente, isso também faz parte do ser poeta. E Claudinei Vieira prossegue, entre as palavras, entre as perdas, entrechoques, aff, Poeta.

 

 

Gota a gota | Chris Herrmann

 

R$ 40

 


…pretende levar você ao caminho das águas distantes e profundas da poesia. Cada poema uma inspiração. Cada ilustração uma nova viagem. Tudo para que você construa seu próprio barquinho e deixe que os ventos o levem por amares até então desconhecidos. Mas muito cuidado: gotas que se juntam também podem transbordar. Você poderá se identificar e se perder pelas marolas da fantasia. No meio do caminho, entretanto, poderá colidir com embarcações que enfrentam ondas, descobrir novos afluentes e canais venosos do coração; ora de amarguras, ora de ternuras.  Gota a Gota quer se emocionar com você e tirá-lo do cais da secura, transformar sua sede de sentidos em gotas de aventura. Lê-lo será arriscar novas rotas de arrepio. Mas viajar não é preciso?

 

Coletivo 2017

 

R$ 50

 

 


Um projeto idealizado por Lunna Guedes…  ilustrado por Adriana Aneli e riscado por autores convidados a caminhar a cidade através das palavras e propor ao leitor uma viagem através da poesia… o livro é todo movimento, das cores-aromas-e-sensações. Ouse experimentar…

 

Aden Leonardo | Adriana Aneli | Caetano Lagrasta | Chris Herrmann
Ingrid Morandian | Marcelo Moro | Maria Vitoria |
Mariana Gouveia | Obdulio Nunes Ortega | Virginia Finzetto

 

 

vi e/ou vi | Virginia Finzetto

R$ 30

 

 


“Nascer ou morrer, tudo ou nada, sim ou não, par ou ímpar… e nos intervalos, eu me ocupo com o quê? A criar diversidade de tons que preencham os vãos desses extremos. A revelar em poemas a rebeldia contra os fatos consumados e nenhum senso comum. Neste livro, pretendo ser agente de artimanhas que provoquem algum assombro ou diversão. É para o impacto de sentir o sopro na pele que eu o convido a ler vi e/ou vi que o vento é aqui.

Diário das coisas que não aconteceram | Aden Leonardo

 

R$ 35

 

 


Diário das coisas que não aconteceram… com o Diário, ou “des-diário” pretende-se quase muita coisa. Inventar os dias que não existiram. Conforme o tempo passa sem acontecer o que inventamos de ser, em luz e sombras, dias e noites, nascer e morrer. É uma história de não, em frases de afirmações. Uma dose de intenções. Talvez aconteça, talvez acontecesse, talvez aconteceu. É um livro de incertezas.

 

REALidade | Obdulio Nuñes Ortega

 

R$ 35

 

 


….é o primeiro livro de Obdulio Nuñes Ortega. Ele — livro e autor — nos convida a um jogo de dardos, e nos brinda com uma conexão entre seu texto e o tempo vigente… nos apontando seu olhar cerimonioso sobre a realidade das coisas subdivididas em: passado-presente-e-futuro e todas as suas lacunas, de maneira mais ou menos testemunhal.
Ele se oferece nas linhas, como o tempo exato do disparar do dardo — que deixa a mão e voa de encontro ao alvo… no caso, o leitor, que pode estabelecer uma conexão ou apenas se divertir com a trajetória.
Acertar ou errar não é o objetivo do Autor, ele quer apenas brincar, como um menino arteiro, com a REALidade…

 

Alameda das Sombras | Marcelo Moro

 

 

R$ 35

 

 


— o poeta pretende que o leitor caminhe pelos lugares e insira pausas na realidade para olhar mais de perto uma-duas-três vezes o que é paisagem-cenário… porque os poetas enxergam sombras e as desenham no verso da folha para quem você compreenda o que é marcha dentro da sombria alma do poeta.