Resenha | Mia e eu…

Por Obdulio Nuñes Ortega


 

Chego em casa ainda comovido com a leitura de ‘Mia’, de Anselmo Vasconcellos, lançado pela Scenarium Plural — Livros Artesanais.

Continuar lendo “Resenha | Mia e eu…”

Anúncios

Resenha | A minha lua, muito além do papel…

Por Tatiana Kielberman


 

Poderia ter sido, quem sabe, um mero livro de cabeceira, com histórias que embalam o sono terno da menina… poderia ter sido um romance como outro qualquer, daqueles que perpassam o olhar sem deixar muitos rastros: apenas somem.

Mas… ‘Lua de Papel’ quis ser mais!

Continuar lendo “Resenha | A minha lua, muito além do papel…”

Resenha | Crônicas da vida pensada em silêncio…

Por Adriana Aneli

 

O encontro é em seu território. O anfitrião chega à página 07 e dedica o livro para mim, que o lê, e a Edward Hooper… a solidão cosmopolita humana. O convite é para seu ato de criação, às forças interiores que mobiliza para expor sua coragem em todas as minhas contradições e pecados — dos quais, aliás, muito me orgulho”.

Continuar lendo “Resenha | Crônicas da vida pensada em silêncio…”

Resenha | amor expresso

Por Marcelo Moro

 


 

Desde muito cedo, aprendi que o café é uma arte… meus pais, amantes desse tesouro, me deram como herança tal apreço. Antes, meu bisavô — na cidade de Santa Cruz das Palmeiras, interior de São Paulo — cultivava, colhia, secava e ensacava o que viria como maravilha depois para nossas xícaras.

Continuar lendo “Resenha | amor expresso”

RESENHA | Oliveiras Blues

Por Caetano Lagrasta.


 

O BLUES DO OLIVEIRAS é a surpresa de carregar o livro e já caírem poemas gravados; ops, pensei em poemas musicados ou em blues de biliólideis ou de loisisarmstrongs; mas aí lembrei do Akira que vi, sem trocar palavra, no átrio proibido da Biblioteca Mário de Andrade, onde havia sambas e lançamentos e hoje só há ranço intelectual.

Continuar lendo “RESENHA | Oliveiras Blues”

Resenha | Detalhes Intimistas

Por Adriana Aneli


“Sou o Albatroz que te espera
no fim do mundo”


Li Detalhes intimistas durante uma viagem de navio: …“espero que goste da leitura”, dizia a dedicatória. Malas prontas, aceitei o convite. Ainda no porto, o aviso: “tem página em branco para ser escrita”.

Embarquei: “Não sei bem para onde, mas a vida me guia e conhece exatamente o local de destino”. Fui conduzida por este cenário. Silenciosamente. Até acostumar os olhos, o exercício de enxergar além.

Continuar lendo “Resenha | Detalhes Intimistas”

Resenha | Dentro de um Bukowski

Por Marecelo Moro


Foi apreciando uma poesia que falava de uma pedra que conheci Aden Leonardo — numa dessas madrugadas insones tão comuns para mim —, e depois descobri , tão comuns para ela também.

A pedra poderia ser na Lua ou em Marte, como gostam meus exageros, mas era uma pedra em Itaúna e, de tão curta descrição, me levou a imaginar um Everest dentro de uma caixa de fósforos… e me deu vontade de ouvir Wagner.

Continuar lendo “Resenha | Dentro de um Bukowski”