Adeus ano velho!

Por Adriana Aneli


Preciso conversar com você. Deixa eu te falar. Por favor, não se aborreça com o que vou dizer. É que… preciso deste desabafo. Tivemos nossos momentos, eu sei. Mas você dificultou tanto as coisas! Continue lendo “Adeus ano velho!”

Anúncios

O sol da tarde

O sol da tarde é o exercício da transformação. Mergulhar nas entranhas de fatos traumáticos, afundar… Reconhecer em si as próprias fraquezas, compreender dores, aceitar perdas, romper amarras: aqui, luto é libertação. Neste processo poético de conciliação, nascem asas – caminho que leva de volta à luz.

Adriana Aneli

Resenha | Crônicas da vida pensada em silêncio…

Por Adriana Aneli

 

O encontro é em seu território. O anfitrião chega à página 07 e dedica o livro para mim, que o lê, e a Edward Hooper… a solidão cosmopolita humana. O convite é para seu ato de criação, às forças interiores que mobiliza para expor sua coragem em todas as minhas contradições e pecados — dos quais, aliás, muito me orgulho”.

Continue lendo “Resenha | Crônicas da vida pensada em silêncio…”

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑