Missiva à Bela Flor,

Por Obdulio Nuñes Ortega . . Florbela, eu tinha vinte anos quando ouvi falar o seu nome pela primeira vez. Achei que fosse pseudônimo. Brincando há já alguns anos de escrever poemas de amor sem nunca ter amado, a não ser metaforicamente, achei seus versos um tanto exagerados, principalmente porque os ouvira entoados em canção…

Carta à Senhorita Dickinson

Por Obdulio Nuñes Ortega , . Senhorita Dickinson, desculpe importuná-la com minha missiva. Sei que presa por sua solitude, acima de qualquer coisa. Que se solta dentro de si de tal maneira que alcança lonjuras d’alma. Que se esquece ao lembrar e vive de lembrar se esquecer. De alguma maneira, seu afastamento da vida comum…

A Al Berto — Carta Aberta

Por Obdulio Nuñes Ortega   . Al Berto, amigo que reconheci finalmente quando a Lua me chamou a atenção para si. Já o conhecia antes. Cheguei a me referir à sua obra em um sítio português, quando seus versos me impressionaram. Mas, estranhamente, esse encontro se perdeu nas brumas da desmemoriação que sofremos pela pressão…

REALidade

Por Adriana Aneli . . O encontro é em seu território. O anfitrião chega à página 07 e dedica o livro para mim, que o lê, e a Edward Hooper… a solidão cosmopolita humana. O convite é para seu ato de criação, às forças interiores que mobiliza para expor sua coragem “em todas as minhas…

Marielle´s

Projeto coletivo idealizado por Andri Carvão para ser uma homenagem-lembrança dessa figura pública: mulher-negra-favelada-vereadora-ativista de tantas causas… e uma consequência — a sua morte prematura…

Por Obdulio Nuñes Ortega

 A Mulher que me inspira .. Eu conheço desde que nasceu. A peguei no colo e como requeria cuidados especiais, deixei o meu trabalho por um ano e meio para cuidá-la mais de perto. Troquei suas fraldas, milhares de vezes, em uma época que fraldas descartáveis eram caríssimas. Na casa em que vivíamos, cheguei a…

Projeto Coletivo 2017

Com a participação de nove autores… o projeto Coletivo é um convite ao movimento pelas ruas da cidade…

Rua 2

Pelos contos da Rua 2 passeiam personagens que se conhecem-desconhecem em sentidos contrários e direções marcadas. Vida e morte se confrontam nessa via de mão dupla. Pertencem ao mesmo caminho. Têm a mesma intensidade e propósito — provarem-se a si como senhores do Mundo/Periferia — ilusão real de todos nós, ao rés do asfalto. . Obdulio Nuñes…

REALidade

….é o primeiro livro de Obdulio Nuñes Ortega. Ele — livro e autor — nos convida a um jogo de dardos, e nos brinda com uma conexão entre seu texto e o tempo vigente… nos apontando seu olhar cerimonioso sobre a realidade das coisas subdivididas em: passado-presente-e-futuro e todas as suas lacunas, de maneira mais…