Resenha | Crônicas da vida pensada em silêncio…

Por Adriana Aneli

 

O encontro é em seu território. O anfitrião chega à página 07 e dedica o livro para mim, que o lê, e a Edward Hooper… a solidão cosmopolita humana. O convite é para seu ato de criação, às forças interiores que mobiliza para expor sua coragem em todas as minhas contradições e pecados — dos quais, aliás, muito me orgulho”.

Continue lendo “Resenha | Crônicas da vida pensada em silêncio…”

Anúncios

REALidade

“Caminhante confuso que sou, estou a chegar em andrajos e passos incertos. Vindo de outro tempo e lugar, estou vestido de parcas palavras, reunidas cada paragem. Chego atrasado, mas na hora. O único desejo que carrego é que me desnudem”…

Obdulio Nuñes Ortega

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑